Budistas e muçulmanos apontam diálogo inter-religioso como desafio para novo Papa

Print Friendly, PDF & Email

Rita Roque 28 Fev, 2013, 09:10

O sucessor de Bento XVI vai ter como principal desafio o diálogo inter-religioso, de acordo com os budistas e os muçulmanos portugueses.

No dia em que Joseph Ratzinger vai apresentar formalmente a sua resignação, a Antena1 registou as opiniões de outras duas religiões sobre o futuro líder máximo da Igreja Católica.

Os budistas consideram que o diálogo tem sido muito centrado no Judaísmo, Islamismo e Cristianismo e defendem que é preciso estendê-lo a outras religiões, aos agnósticos e aos ateus.

Os islâmicos afirmam que o Papa tem que pensar que as outras religiões têm o direito a existir. Em Portugal ainda há muito para fazer nas escolas, ensinando aos jovens que há outras religiões que têm que ser respeitadas.

(com Sandra Henriques)

– See more at: http://www.rtp.pt/noticias/index.php?article=631676&tm=8&layout=123&visual=61#sthash.0TTikKTb.dpuf

Fonte: http://www.rtp.pt/noticias/index.php?article=631676&tm=8&layout=123&visual=61

Comentário: há mundo afora uma inclinação pela unidade religiosa, favorável ao que parece, em todas as tendências de fé. Nunca se viu tal coisa antes. Da fragmentação, em poucos anos, cresce um desejo por unir todas as formas de crença.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *