E a luz brilhou nas trevas

Print Friendly, PDF & Email

Pr. Albino Marks
O problema dos Fósseis: esta é a razão que justifica os números aparentemente fora de no planeta Terra foi dissipar as trevas que o envolviam em escuridão abismal, iluminando- lógica para o criacionista, quando os estudiosos humanistas conferem milhões ou mesmo bilhões de anos para as suas descobertas. O criacionista raciocina em tempo cronológico, fundamentado no relato de Moisés, olvidando que os fósseis são produto de criaturas que foram criadas pelo poder eterno da Palavra de Deus, ou a partir de elementos eternos já existentes em nosso planeta. No entanto, em tempo biológico, estes números confirmam a confiabilidade do relato bíblico e confirmam a origem do Universo como obra do Criador Eterno que em toda a Sua criação colocou valores eternos.

Nos primeiros quatro dias, Deus trabalhou com a camada de trevas, ou de águas, que cobria a superfície da Terra, e também com a luz, para criar o meio ambiente adequado para a vida, em quatro grandes atos distintos, um em cada dia. No terceiro dia, depois de executar o terceiro grande ato com as trevas e a luz, determinou o volume de água para a vida aquática em forma de mares, lagos, rios e fontes. Engalanou a terra seca com a criação da vegetação. No quarto dia, depois do quarto grande ato com as trevas e com a luz, completou o céu atmosférico. Esta questão é muito importante para entender com clareza a sequência das ações de Deus na criação executada na Terra “e nos céus”.

O apóstolo Paulo, referindo ao acontecimento do primeiro dia da criação na Terra, faz uma declaração muito importante sobre o processo de Deus para iluminar a Terra naquele primeiro dia: “Pois Deus, que disse: ‘Das trevas resplandeça a luz’” (2Co 4:6, NVI); ou: “Pois o Deus que disse: brilhe a luz no meio das trevas” (TEB); ou ainda: “Porquanto, Deus que disse: Do meio das trevas brilhe a luz” (BJ). Nesta sua declaração, Paulo está dizendo que o primeiro grande ato criador de Deus foi com luz. E a luz brilhou nas trevas.

Link para compra:

http://www.amazon.com.br/LUZ-BRILHOU-NAS-TREVAS-Universo-ebook/dp/B010CF33EC/ref=sr_1_1?ie=UTF8&qid=1437426965&sr=8-1&keywords=%22albino+marks%22

2 comments for “E a luz brilhou nas trevas

  1. marta
    setembro 22, 2016 at 7:32 am

    Bom dia muito enriquecedor os comentario, que Deus continue nos abençoando para a nos preparar o sua volta

  2. marta
    setembro 22, 2016 at 7:33 am

    Deus abençoe rico comentário irmão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *