Lição 1 – O chamado da sabedoria

Print Friendly, PDF & Email

Lições da Escola Sabatina Mundial – Estudos do Primeiro Trimestre de 2015

Tema geral do trimestre: Provérbios

Lição 1 – O chamado da sabedoria

Semana de   27 de dezembro a 3 de janeiro

Comentário auxiliar elaborado por Sikberto Renaldo Marks, professor titular no curso de Administração de Empresas da Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul – UNIJUÍ (Ijuí – RS)

Este comentário é meramente complementar ao estudo da lição original

www.cristoembrevevira.com marks@unijui.edu.br – Fone/fax: (55) 3332.4868

Ijuí – Rio Grande do Sul, Brasil

 

Verso para memorizar:O temor do Senhor é o princípio do saber, mas os loucos desprezam a sabedoria e o ensino” (Prov. 1:7).

 

Introdução de sábado à tarde

Hoje, em geral, as pessoas procuram o conhecimento profissional, ou científico. Ele serve para trabalhar e ganhar dinheiro. O desejo de ganhar dinheiro não é algo mau, porém, quando a ênfase recai só sobre esse aspecto, então é perigoso.

O ser humano é confuso, por mais estudado que seja. Mesmo brilhantes cientistas muitas vezes não sabem dirigir suas vidas. Conheci um excelente professor que ensinava sobre gestão de universidades. Ora, sabemos que dirigir uma universidade é algo complexo, bem difícil. E ele era um pesquisador e professor nesse assunto. Numa das aulas, ele disse assim: “a coisa mais difícil é viver a dois, com uma mulher.” Ele estava se separando de sua esposa. Pensei na hora: como ele quer nos ensinar sobre gestão de universidades se nem sabe como administrar o seu lar? Então percebi melhor a sabedoria da Bíblia quando requer que o presbítero, hoje o ancião e o pastor, tenha boa reputação e boa capacidade de gerir seu lar, para poder participar da gestão na igreja. Temos que ter sabedoria, não apenas conhecimento geral.

A sabedoria é uma das três inteligências que DEUS deu aos seres humanos. Em primeiro lugar, como a menos importante, temos o conhecimento profissional, cultural e científico. Com esse conhecimento formamos a inteligência racional, para podermos trabalhar e obter nosso sustento. A inteligência emocional, e o conhecimento e domínio das emoções formam o segundo grupo da inteligência, mais importante que o primeiro. Serve para nos relacionarmos bem com as outras pessoas. Mas a inteligência superior a tudo é a sabedoria, essa que podemos aprender em Provérbios. Ela se encontra em nosso caráter, é formada pelos princípios de vida, vindos diretamente de DEUS. Dentre os principais princípios está o superior a todos, o amor, que é a essência da lei de DEUS, os Dez Mandamentos.

Vamos estudar bem esse tema durante esse trimestre. Por certo entenderemos algumas coisas importantes, e obteremos conhecimento vital para a vida eterna. Quando formos salvos, o que levaremos junto será o nosso caráter, isto é, o conjunto de princípios que DEUS formou em nossa mente, e que nos dirigem livremente sempre no caminho do bem.

 

  1. Primeiro dia: O princípio da sabedoria

“A cultura da alma, que dá pureza e elevação aos pensamentos e perfume às palavras e aos atos, requer um esforço mais solícito. É necessário paciência para extirpar do jardim do coração todo o mau intuito. O ensino espiritual em caso algum deve ser negligenciado, pois “o temor do Senhor é o princípio da sabedoria”. Sal. 111:10. Para alguns a educação é posta em seguida à religião, mas a verdadeira educação é religião. A Bíblia deve ser o primeiro livro da criança” (Conselhos aos Professores, Pais e Estudantes, 108).

A sabedoria é um tipo de inteligência. Todos os tipos de inteligência, e há três tipos, são fundamentados em algum conhecimento. A sabedoria é fundamentada em princípios, e o principal deles é o amor, que é DEUS. Por isso que se deve dizer que a sabedoria vem de DEUS, assim como o amor vem de DEUS. Todos os bons princípios de vida vêm de DEUS.

Essa inteligência, a sabedoria, que se fundamenta no amor, que forma o caráter, vem do “temor do Senhor”. O temor do Senhor não é medo de DEUS, mas supremo e elegante respeito a Ele, pois, afinal, foi quem nos criou e é quem nos sustenta, e também, JESUS, quem nos salva. A suprema sabedoria, em outras palavras, é ter o máximo respeito por DEUS. Por exemplo, está no mandamento que devemos não tomar o santo nome de DEUS em vão. É só um exemplo como muitos de nós não respeitamos esse mandamento, e, portanto, não temos o temor do Senhor. Quantas vezes se ouve dizer, por qualquer motivo: “DEUS o livre”, uma expressão boba, desleixada e desrespeitosa para com DEUS. Muito temos a aprender em relação à sabedoria.

Busquemos entender melhor o que o temor do Senhor tem a ver com sabedoria. Se tivermos o máximo respeito com DEUS, aprenderemos a nos respeitar uns aos outros, e nos amar mutuamente. E isso é sabedoria, a capacidade de sermos bons uns com os outros. Quanto mais sábios formos, é porque mais sabemos como respeitar a DEUS, e em consequência, mais capazes seremos de nos relacionarmos em paz com as pessoas. Isso é sabedoria, a capacidade de fazer o bem aos outros.

Sabedoria é sinônimo de caráter. Ela, como já dissemos, é fundamentada nos excelentes princípios de vida que encontramos na Bíblia, e que vem de DEUS. E como também já dissemos, o maior de todos os princípios é o amor, que é a essência da lei de DEUS, os Dez Mandamentos.

A maneira prática de se desfrutar do amor da lei é o sábado. Esse é o dia em que paramos tudo, e nos dedicamos ao máximo a amar nosso Criador, pois que nos fez. Por meio do sábado seremos mais felizes uns com os outros, uma vez que estaremos ligados com quem nos restaura ao amor original. É assim que se manifesta a sabedoria de DEUS em nós, na vida prática.

 

  1. Segunda: Verdadeira educação

Faz parte do poderoso esquema de desconstrução social, que a turma do ‘marxismo cultural’ vem empreendendo desde a década dos anos trinta, o desleixo da educação dos filhos, pelo pai e pela mãe. A primeira pessoa no mundo a dar exemplo e influenciar nos filhos é, e deve ser, a mãe. Ela deve ser a pessoa mais comprometida com os filhos, pois eles vieram de dentro dela. Em seguida é o pai, pois ele participou intensamente na existência dos filhos.

Atualmente, o esquema a que me referi, que seria bom que todos buscassem saber alguma coisa a mais, vem impossibilitando, ou pelo menos dificultando a educação por parte da mãe e do pai. Não há mais tempo, e existem muitas alternativas para as crianças serem influenciadas fora do lar. Mas o grande problema é: que educação é essa, que não vem dos pais?

Hoje existe a poderosa televisão, que tem por incumbência satânica formar adolescentes completamente descomprometidos com a situação do próximo. Por exemplo, o som que os jovens usam em seus automóveis, atualmente, perturba muita gente, mas a eles isso não interessa. Nem querem saber se é ilegal, querem ‘curtir’. Assim as crianças não são mais educadas nos princípios divinos, e por essa via, se vai destruindo a família, a religião e a sabedoria da vida.

Junto com a televisão também vem a educação muitas vezes negativa das pré-escolas, das babás, dos outros amiguinhos, dos sites de relacionamento da internet, das inúmeras publicações, dos brinquedos modernos, e assim por diante. Em muitos casos, quem menos influencia na educação das crianças é a mãe e o pai, e o lar é o lugar onde muitas outras influências exercem seu poder. Há um programa num canal de televisão que se mostra bem centrado, é a “Super Nani”, e por esse programa se pode ver o quanto os pais estão ausentes, e o quanto são desleixados. Hoje são as crianças que têm as rédeas em suas mãos, e não sabem usar com bom senso, mas são elas que decidem quase tudo. Elas decidem o que comprar, que brinquedo usar, o que comer, que programa de televisão assistir, e muitas coisas mais. Os poderosos argumentos de marketing são voltados para os pequenos, e fazem e mente deles, sempre para o mal. Controlam as mentes deles, e os pais perdem totalmente esse controle. Isso já não é mais educação, mas sim, doutrinação nas astutas artimanhas de satanás. O pior, talvez, seja de que em nossa igreja, muitos lares estão nesse caminho.

Aqui vai um exemplo de como está o mundo, um dos resultados do poder do ‘Marxismo Cultural’. É um fato que aconteceu numa escola pública, em Caxias do Sul, onde uma diretora já não aguenta mais o descaso dos próprios pais para com seus filhos.

 “‘Minha vontade é entregar o cargo’, desabafa diretora de escola em Caxias [RS], após polêmica sobre revista em mochilas

“Diretora da Escola Estadual Santa Catarina condena distanciamento da família da vida dos filhos.

“É um desabafo do que todos os gestores sentem. E aqui no Santa [a escola] tem algo diferenciado, porque todos querem entrar no Santa. A partir do momento que conseguem uma vaga no ensino médio, eles [os pais] desaparecem da escola. É uma minoria de pais que vem aqui participar. Todos são convidados desde a primeira reunião, na primeira semana de março. Os pais são convidados para participar do Conselho Escolar, para vir nas reuniões da Associação de Pais, para participar das atividades da escola. São sempre os mesmos pais que estão aqui. Só que no momento que precisamos dos pais, ao invés de vir somar, para juntos resolvermos os problemas, eles fazem o que fizeram quinta [dia 20/11/2014]: ligam para a Brigada Militar. Nós estávamos resolvendo o problema com conversa, com diálogo. Então vai contra o que um jornalista do Pioneiro escreveu, que faltou diálogo. Eu fui muito destratada, muito ofendida por alunos cujos pais nunca vieram aqui.

“A escola precisa de regras. A família abandona os jovens aqui e acha que nós temos que lidar com eles sem limite algum. No momento que tu fazes reuniões, estabelece limites, tu queres formar uma pessoa melhor para a sociedade. Ele vai saber respeitar regras de trânsito, o idoso, pai e mãe, só que os pais na grande maioria abandonaram.

“Droga não é problema só do Santa, é de todas as escolas. Mas enquanto eles (alunos) estão aqui, a gente quer zelar para que não usem. A partir do momento que eu tiver aluno drogado aqui dentro e a família não comparecer, vou fazer o quê? Só que mais alunos estão indo para esse lado! Os pais não estão olhando as mochilas, eles não vieram buscar boletim. Aí vieram questionar por que eu não chamei para pegar os boletins. Foi todo o calendário da escola com os filhos para casa, com todas as datas, e a família não aparece. Não aparece.

“Eu fui aluna dessa escola. A minha família está apreensiva pelo que pode acontecer comigo, eu estou recebendo ameaças. Que valores são esses? A sociedade quer que tipo de jovem ali fora? Que está se matando com bebida, com droga? Depois mostram na TV “mais um jovem…”. Tudo o que a gente está fazendo é educar, o que a família não faz. A gente faz palestra de bullying, palestra de droga, álcool, tudo isso. O que a família fez? Ficou contra a escola, ligou para a Brigada Militar quando revistamos mochilas.

“Hoje (sexta-feira) eu tive que abrir as portas da escola e fazer de conta que está tudo maravilhoso, só que não está. Se eu pudesse botava uma faixa ali fora “educação em luto”, porque é assim que eu me sinto. Vontade de entregar meu diploma e dizer que sempre acreditei na educação. Que famílias são essas? Que não venham se queixar que querem baixar a idade para o voto, mas para ver o que eles fazem dentro da escola aí não existe regra? E os familiares que somem? Deixam os alunos aqui abandonados e estão em outra cidade. E só ligam e dizem “eu não posso comparecer”.”

Se desejar ler a notícia completa: http://zh.clicrbs.com.br/rs/noticias/noticia/2014/11/minha-vontade-e-entregar-o-cargo-desabafa-diretora-de-escola-de-caxias-apos-polemica-sobre-revista-em-mochilas-4648873.html

Esse é o caso de uma diretora que ainda quer dar uma educação decente às crianças, mas cujos pais abandonaram seus filhos a qualquer influência que o mundo mau possa impor. Dias antes, muitas alunas vieram de camisola na escola, alunos de pijama, e penduraram algo assim no mastro da bandeira. E os pais, o que fizeram, quando a diretora tomou uma atitude? Chamaram a Brigada Militar. Esse é o mundo em que estamos! Está quase chegando a hora de sair das grandes cidades.

Ontem à noite, quando viajava para outra cidade a fim de dar aula, entramos nesse assunto. Um professor, colega, pai de duas meninas, explicou com certa arrogância, que ele já ensinou como suas filhas devem ‘transar’ com segurança. Disse que o mundo mudou. Percebi que ele não pensa nos netos, numa futura família destroçada. Depois ele mesmo disse que já se separou de sua esposa. E alguém assim é professor… e pai!

 

  1. Terça: O chamado da sabedoria

Lemos em Provérbios 1:20 e 21 sobre a sabedoria que anda pelas ruas, clamando em alta voz, chamando as pessoas insensatas e de má índole ao caminho da prudência, da honestidade e do bem. A sabedoria aqui foi personificada. Na realidade, essa chamada faz parte da pregação do evangelho e do estilo exemplar de vida dos verdadeiros cristãos e pessoas de bem. Um exemplo de algo assim é o caso de um mendigo norte americano (como também temos muitos casos no Brasil e em outros lugares do mundo). “A honestidade virou a vida do mendigo Billy Harris de cabeça para baixo. Ele chamou a atenção dos Estados Unidos ao achar um anel de diamante e devolvê-lo à dona. O anel caiu na canequinha de moedas do pedinte após Sarah Darling fazer uma doação a ele em Missouri (no centro-sul dos EUA).” A dona do anel ficou tão impressionada com a sabedoria desse homem que abriu uma conta no banco para que, quem desejasse, lhe fizesse donativos. Ele arrecadou US$86 mil, ou, mais de R$170 mil. O interessante é que o mendigo devolveu o anel não pensando em levar vantagem, mas, simplesmente porque não era dele. Veja o que ele disse depois: “o sem-teto diz não entender ainda como o fato de ele ter devolvido algo que não era seu tenha gerado tanta repercussão e dinheiro: “No que o mundo se transformou quando alguém devolve o que não é seu e tudo isso acontece?”, questiona Harris.” (https://br.noticias.yahoo.com/blogs/charles_nisz/mendigo-devolve-anel-diamante-e-recebe-doa%C3%A7%C3%B5es-r-145944939.html). São tão poucos os honestos, isto é, os sábios, que, quando alguém age honestamente, é manchete dos noticiários. Aliás, os pobres é que geralmente são honestos, outros, fazem parte do ‘mensalão’, ‘petrolão’, etc.

Alguns atendem essa chamada, esses se colocam no caminho da cidadania celeste, onde todos são sábios. Os demais, enfrentarão, mais tarde, o caminho da cadeia, da ira pública, da investigação policial, da multa, da dor, tristeza e morte eterna. Vejo as consequências da falta de sabedoria com muitos dos alunos que já tive oportunidade de tentar influenciar. É evidente, sou professor de adultos, ou no final da adolescência, mais de 17 anos. Conheço vários, tendo já mais de 35 anos de carreira, que foram maus alunos. Hoje eles são, também, maus profissionais. Muitos deles não são bem sucedidos na vida. No tempo de estudante, eles passavam colando nas provas e desatentos em sala de aula. Mas todos os que conheço, e que se esforçaram, que foram sábios, esses estão bem, são respeitados na sociedade e geralmente têm famílias bem estruturadas, se bem que há exceções para tudo.

 

  1. Quarta: O benefício da sabedoria

Como sabemos, mas não custa rever, a sabedoria é uma inteligência superior, espiritual, fundamentada no conhecimento de princípios eternos estabelecidos por DEUS, para dirigir a vida das pessoas. Na realidade, é pela sabedoria que DEUS nos dirige. A sabedoria é também conhecida por caráter, com seus princípios de vida. Alguns a chamam de inteligência espiritual. Ela dirige as outras inteligências (emocional e racional), sempre no caminho do bem e do amor, afim de beneficiar os outros, nunca para prejudicar alguém.

Hoje o estudo nos permite ver alguns aspectos sobre a direção da sabedoria. Em primeiro lugar, quem ouve os ensinos da sabedoria, quem clama por ter mais sabedoria e quem procura pela sabedoria (isto é, estuda com dedicação os escritos referentes a DEUS), esse a encontra, isto é, DEUS concede sabedoria a ele, e ele entenderá o ‘temor do Senhor’ e achará o conhecimento de DEUS. Em outras palavras, essa pessoa entenderá como DEUS pensa, e também entenderá como é a lógica da vida a partir de como DEUS pensa. Ele saberá como se obedece aos mandamentos e as leis de DEUS, saberá aplicar esses mandamentos em sua vida.

DEUS dá sabedoria aos retos e sinceros, aos humildes e obedientes. A sabedoria é para esse fim, saber obedecer a DEUS, e isso também é um dom de DEUS, ou seja, é algo que Ele ensina. Esses saberão como funciona a justiça, o juízo e a equidade. Isso quer dizer, essas pessoas entenderão como DEUS julga, e como é o juízo sem parcialidade. Serão pessoas guardadas dos maus caminhos desse mundo, elas não se sentirão tentadas pelas ofertas do mundo, das coisas que atraem a tantos, mas que levam à morte eterna.

Resumindo, embora ainda continuemos sendo pecadores, pois só deixaremos essa natureza de pessoas caídas quando finalmente JESUS nos transformar, no dia da segunda vinda, viveremos um estilo de vida cristã afastados do pecado. Isso quer dizer, por sermos transformados, cada dia pelo poder do ESPÍRITO SANTO, nos tornaremos cada vez mais sábios, e seremos cada vez mais obedientes, sempre menos sujeitos a cair em tentação.

 

  1. Quinta: Não se esqueça!

Quais são os efeitos da sabedoria? O que ela proporciona ao que a busca?

A sabedoria, segundo os versos sugeridos pela lição de hoje, proporciona uma vida feliz aqui na Terra, pois ela liga a pessoa com DEUS. Pela sabedoria, que é um conjunto de princípios de caráter, a pessoa conduz melhor a sua vida. Na prática, a pessoa resolve as questões da vida de modo mais inteligente. No caso de possibilidade de conflito, um sábio sabe contornar, dialogar, esperar um pouco, buscar outras vias, enfim, resolver de modo pacífico. Pela sabedoria sabemos como melhor cuidar de nossa saúde, aplicamos em nossa vida os princípios saudáveis do vegetarianismo. Pela sabedoria saberemos como examinar a Bíblia, como descobrir nela as pérolas da vida eterna e como aplicar esse conhecimento a nós mesmos e ensinar aos outros. Pela sabedoria saberemos como amarmo-nos uns aos outros, perdoar, reconciliar, assim como fazia JESUS. Pela sabedoria manteremos um íntimo relacionamento com nosso DEUS, e teremos sempre o prazer de Suas orientações nos desafios de todo dia.

“Se quereis achar felicidade e paz em tudo quanto fazeis, precisais tudo realizar, tendo em vista a glória de Deus. Se quereis ter paz de coração, deveis buscar fervorosamente imitar a vida de Cristo. Então, não haverá necessidade de patético regozijo nem de buscar os prazeres na condescendência com o orgulho e com as frivolidades do mundo. No procedimento reto, tereis serenidade e felicidade que nunca alcançareis na senda do mal. Jesus assumiu a natureza humana, passando pela infância e adolescência a fim de aprender a simpatizar com todos e deixar exemplo para as crianças e os jovens. Ele conhece as tentações e as fraquezas das crianças. Em seu amor, abriu uma fonte de prazer e júbilo para o que nEle confia. Buscando honrar a Cristo e seguir-Lhe o exemplo, as crianças e os jovens podem ser verdadeiramente felizes. Podem sentir a responsabilidade de trabalhar com Jesus Cristo no grande plano de salvação. Se os jovens se sentirem responsáveis perante Deus, serão elevados acima de tudo quanto é baixeza, egoísmo e impureza. A vida para tais pessoas estará cheia de importância. Reconhecerão que têm algum motivo grandioso e glorioso pelo qual viverem. Isso exercerá influência sobre os jovens, tornando-os ardorosos, jubilosos e fortes em face das responsabilidades e dificuldades da vida, como o foi o Seu Modelo divino. … Convido-vos a cultivardes sempre o senso de ponderada responsabilidade para com Deus. A certeza de estardes fazendo aquilo que Deus pode aprovar, tornar-vos-á fortes em Sua fortaleza; e ao copiardes o Modelo, podereis, como Ele, crescer em sabedoria e graça para com Deus e os homens” (Minha Consagração Hoje, MM, 1989 e 1953, 161).

 

  1. Resumo e aplicação – Sexta-feira, dia da preparação para o santo sábado:
  2. Síntese dos principais pontos da lição
  • Qual o foco principal?

O foco dessa semana é o princípio da sabedoria. Esse princípio é “o temor do Senhor”. E o que é o temor do Senhor? É o tratamento respeitoso que os adoradores devem dar a quem devem a vida, ao Criador. Esse tratamento é, em essência, a adoração ao Criador, como está prescrito em Sua Palavra. É sábio adorar a DEUS, porque, afinal, foi Ele que nos criou, e é dEle que vem a salvação das consequências de termos pecado e nos tornado rebeldes ao Criador. A grande mensagem ao mundo, em nossos dias, como em todos os tempos, é de ensinar as pessoas a adorarem o Criador, como Ele deseja ser adorado.

  • Quais os tópicos relevantes?

O temor do Senhor é o caminho para a obtenção do verdadeiro conhecimento e da sabedoria. Que conhecimento é esse? É o conhecimento sobre a criação de todas as coisas e do plano da salvação. É também o conhecimento do bom relacionamento uns com os outros. Enfim, o que há de maior interesse que esses assuntos?

  • Você descobriu outros pontos a acrescentar?

_________________________________________________________________________

 

  1. Que coisas importantes podemos aprender desse estudo?

Devemos desenvolver, como fez Enoque, o senso, ou seja, a certeza da presença de DEUS bem próxima a nós. Por isso, devemos nos comportar sabendo que DEUS está ali, sempre sabendo tudo. Devemos ser coerentes com o que Ele deseja de nós.

 

  1. c) O que posso acrescentar a partir do meu estudo?

_________________________________________________________________________

 

  1. d) Que providências devemos tomar a partir desse estudo?

Devemos cultivar uma vida equilibrada, produtiva e feliz, dando exemplo a outras pessoas o que é ser um verdadeiro cristão. Nós influenciamos pela palavra e pelo testemunho.

  • O que me proponho a reforçar, se for bom, ou mudar se for mau, em minha vida?

_________________________________________________________________________

 

  1. e) Comentário de Ellen G. White

“Os jovens não se tornarão mentalmente fracos ou ineficientes por se consagrarem ao serviço de Deus. Para muitos, educação significa conhecimento de livros; mas “o temor do Senhor é o princípio da sabedoria”. Sal. 111:10. A mais tenra criança que ame e tema a Deus é maior aos Seus olhos que o mais talentoso e douto que negligencia a questão da salvação pessoal. A juventude que consagra o coração e a vida a Deus, está-se pondo em ligação com a Fonte de toda sabedoria e excelência” (Mensagens aos Jovens, 190).

 

  1. f) Conclusão geral

“Há presentemente, da mesma maneira, um povo a quem Deus fez depositários de Sua lei. Para os que Lhe obedecem, os mandamentos do Senhor são qual coluna de fogo, aclarando e indicando o caminho para a salvação eterna. Para os que os desprezam, porém, são como sombras da noite. “O temor do Senhor é o princípio da sabedoria.” Sal. 111:10. Melhor que qualquer outro conhecimento é a compreensão da Palavra de Deus. Grande galardão há em guardar-Lhe os mandamentos, e engodo algum da Terra deve levar o cristão a vacilar por um momento em sua aliança. Riquezas, honras e pompas mundanas, não passam de escória que perecerá diante do fogo da ira de Deus” (Testemunhos Seletos, v1, 452).

  • Qual é o ponto mais relevante a que cheguei com este estudo?

_________________________________________________________________________

 

Assista o comentário clicando aqui.

Vídeos sobre capítulos proféticos da Bíblia, em linguagem simples
Daniel 2 Daniel 3 Daniel 7 Daniel 8 Daniel 9 Daniel 12 Apoc. 12
Apoc. 13 1ªp Apoc. 13 2ªp Apoc. 14 Pragas 1ª p

(Apoc. 15, 16)

Pragas 2ªp Armagedom Pragas 3ªp

Armagedom

Os chifres
A igreja verdadeira O decreto dominical O alfa e o ômega Como é fácil enganar!

 

 

estudado e escrito entre   21 e  27/11/2014

revisado por Jair Bezerra

 

 

 

 

Declaração do professor Sikberto R. Marks

O Prof. Sikberto Renaldo Marks orienta-se pelos princípios denominacionais da Igreja Adventista do Sétimo Dia e suas instituições oficiais, crê na condução por parte de CRISTO como o comandante superior da igreja e de Seus servos aqui na Terra. Discorda de todas as publicações, pela internet ou por outros meios, que denigrem a imagem da igreja da Bíblia e em nada contribuem para que pessoas sejam estimuladas ao caminho da salvação. O professor ratifica a sua fé na integralidade da Bíblia como a Palavra de DEUS, e no Espírito de Profecia como um conjunto de orientações seguras à compreensão da vontade de DEUS apresentada por elas. E aceita também a superioridade da Bíblia como a verdade de DEUS e texto acima de todos os demais escritos sobre assuntos religiosos. Entende que há servos sinceros e fiéis de DEUS em todas as igrejas que no final dos tempos se reunirão em um só povo e serão salvos por JESUS em Sua segunda vinda a este mundo.

3 comments for “Lição 1 – O chamado da sabedoria

  1. Joir dos Santos Silva
    dezembro 20, 2014 at 1:02 pm

    Gosto dos comentarios do Professor Sikberto pois, muito me ajuda no estudo e compreensão da lição da escola sabatina.

  2. Emerson Weber
    dezembro 29, 2014 at 4:14 am

    Assim como existem pais no mundo que largam seus filhos para serem educados pelos colégios, assim também existem pais que largam seus filhos na escolinha da igreja para que tenham sua comunhão com Deus e muitas vezes nem a lição compram.
    Na bíblia esta escrito assim: ” E estas palavras, que hoje te ordeno, estarão no teu coração; E as ensinarás a teus filhos e delas falarás assentado em tua casa, e andando pelo caminho, e deitando-te e levantando-te.Também as atarás por sinal na tua mão, e te serão por frontais entre os teus olhos. E as escreverás nos umbrais de tua casa, e nas tuas portas.” Deuteronômio 6.

  3. Maio 13, 2016 at 8:24 am

    Olá você conhece O plugin Optimart. É a maneira mais fácil, rápida e barata de integrar os pagamentos recebidos pelo Hotmart com seu site WordPress e sua área de membros.

    Clique no meu nome para saber mais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *